Seguindo a linha: a história de Ricardo Prado

Não existe natação sem dor. Assim Ricardo Prado define o esporte que o tornou ídolo na década de 1980. Campeão mundial aos 17 anos, medalha de prata aos 19 nas Olimpíadas de Los Angeles, durante quatro anos ele teve de batalhar para ser o melhor do mundo. Sozinho e longe de casa, sem apoio institucional, suportando uma disciplina militar, dividido entre o cotidiano adolescente e a pressão de ser ídolo, para Ricardo Prado não foi fácil seguir a linha.http://ragrani.ru

 

Nome da produtora: Mira Filmes

Direção: André Bomfim

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Required fields are marked *

*